DIÁRIO DO PAÍS – Contra fatos, não há argumentos!

Terça-feira, 23 de Julho de 2024
O jornalismo como guardião da democracia, da liberdade e da verdade – Por Bruno de Lima

Geral

O jornalismo como guardião da democracia, da liberdade e da verdade – Por Bruno de Lima

Ontem, hoje e sempre: o jornalismo deve ser a voz dos excluídos, marginalizados, e pobres, daqueles que não têm a quem recorrer.

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

HISTÓRIA DO JORNALISMO NO BRASIL - A imprensa, o jornalismo, está cada vez mais em descrédito em solo brasileiro.

Os grandes veículos de imprensa do Brasil, os famosos “checadores de notícias”, aliado a um sistema arcaico de profissionais que pararam no tempo e não conseguem acompanhar o avanço da internet e das redes sociais, gera um clima de “guerra” entre os “colegas de profissão” jornalistas.

O jornalismo digital, que encontra-se em sua quinta geração (conforme didática universitária), não é um fato que surgiu da noite para o dia.

Leia Também:

Podemos ter como caso concreto do avanço do jornalismo digital, no Brasil, o momento histórico do ano de 2013, onde os brasileiros foram às ruas, indignados, para dar um basta a um “sistema” dominante (há época) no País: a corrupção.

Em 2013 os movimentos e grupos que lutavam contra à corrupção eram organizados em grupos do Facebook, por exemplo. Esses movimentos saíram do Facebook e foram às ruas protestar contra a corrupção do governo PT. 

Esse povo nas ruas deu “gás” para o avanço do jornalismo digital no Brasil.

Na década de 2000, os sites e portais de notícias eram restritos a grandes grupos de comunicação e a migração de jornais impressos para o modo digital. Era preciso um bom dinheiro ou conhecimento em programação de sistemas para ter um portal.

Em 2013 para frente, o jornalismo digital passa a ficar mais acessível ao povo.

A quinta geração do webjornalismo é definida pela incorporação das bases de dados no processo noticioso e pela capacidade de processar grandes volumes de informação. 

Na quinta geração do jornalismo, ou seja: o jornalismo on-line ou digital, a internet permitiu uma nova forma das notícias e outros conteúdos chegarem até o público. Antes, os conteúdos eram criados de poucos (os jornalistas) para muitos (leitores, o público em geral). Hoje o jornalismo é feito de muitos (todas as pessoas, mesmo não sendo da imprensa) para muitos (todos os que leem ou têm acesso a algum conteúdo).

Com essa revolução no fazer jornalismo, permanece de pé, ainda que reduzidos, os jornalistas independentes ou criadores de conteúdo que são fiéis a valores cristãos, éticos, morais, conservadores, patrióticos e familiares.

Os profissionais independentes da imprensa são guardiões da democracia, liberdade e da verdade.

Como sou profissional da imprensa, posso dizer: muitos dizem que todo homem tem um preço, eu porém discordo. O homem cristão de verdade não está disposto à venda!

Somos um povo cristão, fiel as nossas origens e agimos dentro da Lei.

Mesmo com tantas investidas dos grandes conglomerados, contra os que anunciam Deus através do jornalismo, seguiremos na nossa luta de levar o melhor conteúdo aos nossos internautas.

Ontem, hoje e sempre: o jornalismo deve ser a voz dos excluídos, marginalizados, e pobres, daqueles que não têm a quem recorrer.

A verdade não é relativa. A verdade de Deus é única e só ela liberta.

“Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” -João 8:32.

 

Redes sociais do DIÁRIO DO PAÍS® no Instagram:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

Siga-nos no Threads:

https://www.threads.net/@portaldiariodopais

https://www.threads.net/@brunodelimabr

 

Baixe o aplicativo gratuito do DIÁRIO DO PAÍS para celulares Android no Google Play:

https://play.google.com/store/apps/details?id=news.diariodopais.appdiariodopais

 

***

Em tempos de desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais comprometidos com a verdade, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

Acompanhe o nosso site: www.diariodopais.com.br redes sociais: @portaldiariodopais . Você logo irá notar que somos um jornal único. O DIÁRIO DO PAÍS defende os valores Cristãos, a família, o conservadorismo e a tradição, a dignidade da pessoa humana, o liberalismo, a liberdade, os direitos humanos, a justiça e a paz, além de uma sociedade mais justa e humanitária.

Colabore financeiramente com o jornalismo independente do DIÁRIO DO PAÍS via PIX. Chave e-mail: [email protected]

 

Vamos juntos fortalecer a luta por um mundo melhor?

 

FONTE/CRÉDITOS: Bruno de Lima, do DIÁRIO DO PAÍS
FONTE/CRÉDITOS (IMAGEM DE CAPA): Antonio Costa/Gazeta do Povo/arquivo
Comentários:
Bruno de Lima

Publicado por:

Bruno de Lima

Natural da cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba. Cristão Católico. Jornalista. Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação. Pós-graduado em Jornalismo Digital e Segurança e Defesa Cibernética.

Saiba Mais
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal Diário do País+

Leia matérias e colunas exclusivas, anuncie no guia comercial e +. Grátis!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )

SiteLock